Como fazer para projetar e acompanhar o resultado do seu negócio?

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou, em pesquisa recente, que 22,8% dos negócios abertos no Brasil não superam o primeiro ano de vida. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apontou em seu estudo Fatores Condicionantes e Taxa de Mortalidade de Empresas no Brasil.

 

Entre os principais fatores estão: dificuldade para lidar com alta carga de impostos, baixo número de clientes, dificuldade para enfrentar a concorrência, baixo lucro e dificuldade financeira, inadimplência no cumprimento de suas obrigações.

 

Por isso, é muito importante lembrar: um empreendedor cuidadoso tem um planejamento estratégico bem elaborado, para conter despesas desnecessárias, prever riscos e se antecipar aos problemas e saber sanar qualquer possibilidade de prejuízos.

 

Para falarmos de projeção de resultados em um projeto de construção é necessário que sejam observadas três variáveis de grande relevância:

 

  • Os valores realizados, ou seja, o que foi efetivamente pago e recebido
  • Os valores comprometidos com despesas e receitas que já foram faturadas mas ainda não foram pagas
  • Saldo a realizar, com as previsão do que está para acontecer, tanto nas despesas com o saldo orçamentário que falta ser executado na obra, como nas receitas através da previsão das unidades a comercializar (no caso incorporação ou saldo a faturar para um contrato de construção).

 

Com essas três variantes bem definidas no nosso Painel Financeiro da Obra,  conseguimos realizar uma projeção de resultado para o seu empreendimento. Com isso, é possível acompanhar a evolução em tempo real de acordo com a execução do seu projeto – o que traz uma visão integrada entre as áreas comercial, financeira e de engenharia.

 

O que você achou? Comente